Informações indispensáveis sobre:

  • Câmara fria;
  • Walkin cooler;
  • Acessórios pertinentes.

Câmara fria para cerveja

Quando se trata de uma Câmara Fria para Cerveja o fundamental está na forma que você irá conservar a bebida, pois é necessário uma câmara com qualidade para manter bem abrigado o vosso produto.

 

Antes de mais nada vale a pena conhecer um pouco mais sobre a cerveja, o nome vem do latim servisia, falamos de uma bebida elaborada a partir da fermentação de cereais, notadamente a cevada maltada. Tem-se a como uma das primeiras bebidas alcoólicas fabricada pelo homem, atualmente é a terceira bebida mais conhecida do mundo e a primeira bebida alcoólica mais consumida ao redor do globo.

 

Os ingredientes básicos utilizados na fabricação da cerveja são: água, uma fonte de amido, uma levedura de cerveja para produzir a fermentação, e por fim o lúpulo. Após o processo de fabricação a bebida é engarrafada e mantida a temperatura ambiente. Alguns tipos de cerveja são consumidos ao natural, já outros tipos e, principalmente quando em países de clima quente, são obrigatoriamente consumidas geladas, bem geladas, como no caso do Brasil, então a Câmara fria para cervejas é o local ideal para refrigerar a cerveja e assim mantê-la pronta para consumo.

 

No Brasil a venda da bebida aconteceu a partir de 1808, por ocasião da chegada da família real no pais, entretanto, por conta de tratados comerciais ela era exclusivamente fornecida pela Inglaterra. Foi a partir de 1950 que as famílias de imigrantes europeus passaram a produzi-la no Brasil.

Processo de engarrafamento de cerveja

Conheça um pouco mais acerca daquilo integrante da Câmara fria para cerveja

 

Uma Câmara fria para cerveja de ótima procedência possui componentes que passaram por um efetivo controle de qualidade, foram testados e aprovados de fabrica, além disso deve-se levar em consideração a idoneidade do fabricante e a expertise que ele dispõe no seguimento de refrigeração de cervejas.

 

Os componentes da Câmara fria para cerveja, de fornecimento obrigatório, estão aqui relacionados, todavia é imprescindível consultar o departamento técnico do fornecedor escolhido e questionar acerca de outros componentes não listados, a saber:

 

  1. Gabinete frigorifico: composto pelas paredes e teto, construído preferencialmente em iso-paineis desmontáveis;
  2. Porta frigorifica: trata-se da porta de acesso, habitualmente do modelo giratório;
  3. Equipamento frigorifico: ele é responsável por refrigerar a cerveja e assim mantê-la, prefira os do tipo hermético, pois são mais silenciosos e duráveis;
  4. Acessórios exclusivos: porta de vidro insulado, estrado antiderrapante, cortina termoplástica e estante aramada.

 

A Câmara fria para cerveja expõe a bebida e alavanca as vendas

 

Atualmente observa-se uma explosão na oferta de opções de cervejas importadas, artesanais ou especiais, nitidamente existe a tendência de gourmetização do consumo, ou seja, tem aumentado consideravelmente a procura por bebidas diferenciadas e, por conseguinte mais caras. A Câmara fria para cerveja equipada com portas de vidro permite a exposição da bebida, gelada e pronta para o consumo, então, sabidamente esta é a melhor maneira de alavancar a venda deste produto.

 

Há alguns poucos anos verifica-se uma movimentação dos fabricantes da bebida no sentido de glamurizar o produto, criando inclusive pontos de venda exclusivos de cerveja, são um tipo de quiosque que dispõe da Câmara fria para cerveja e são facilmente encontrados em postos de combustíveis e em grandes redes de supermercados, entre outros.

Camara fria para ceveja com portas de vidro

As diversas aplicações da Câmara fria para cerveja

 

Em essência uma Câmara fria para cerveja difere das outras por conta dos acessórios específicos que a tornam hábil para esta maneira de utilização, então conclui-se que mediante a instalação dos acessórios ou componentes requeridos esta mesma câmara fria estará apta para armazenar diversos outros produtos. Em seguida encontram-se listados somente algumas outras formas de utilização, como segue:

 

  • Câmara fria para hortifrúti: requer umidificador e estante em chapa para acondicionamento dos produtos;
  • Câmara fria para medicamentos: necessita de prateleira em aramado, aquisitor de dados, alarme telefônico de temperatura;
  • Câmara fria para restaurante: precisa de estrado plástico e alarme de aprisionamento;
  • Câmara fria para açougue: contempla gancheira, tendal e datalogger;
  • Consulte o fabricante para obter mais informações.
Camara fria para cerveja

Uma Câmara fria para cerveja obterá um desempenho tranquilo e sem perdas de mercadorias, motivadas por pane operacional, quando o funcionamento da mesma é monitorado pelo alarme telefônico de temperatura para câmara frigorifica, trata-se de um dispositivo projetado para alarmar por telefone caso aconteça uma falha no funcionamento.

© 2018 fria-camara, tudo sobre câmara fria e walkin cooler. Todos os direitos reservados